Buscar
  • Paulo Prada

Como se tornar um profissional indispensável

Atualizado: Jan 31

Tive a oportunidade de palestrar, neste fim de semana, para um grupo de jovens universitários que estão terminando seus cursos de graduação e se preparando para ingressar no mercado de trabalho. Por isso escolhi o tema que mostra como se tornar indispensável no ambiente profissional.




Esse assunto se tornou muito relevante já que as mudanças no mercado de trabalho estão acontecendo de forma cada vez mais rápido e uma grande parcela das pessoas não tem se desenvolvido para se adaptar a ela. Está cada vez mais desafiante para a maioria das pessoas se manter no mesmo emprego e mais desafiante ainda conseguir uma nova colocação no mercado. Se compararmos a situação de quem está entrando no mercado de trabalho hoje com a situação de 20 anos atrás, vemos cenários bem diferentes assim como aumento da disputa por uma boa colocação:

- Segundo o IBGE, estamos vivendo agora com uma taxa de desemprego acima de 12%, e é uma das maiores nos últimos 20 anos;

- Um estudo da FGV mostra que as pessoas tem se aposentado mais tarde e que muitos destes buscam uma nova colocação no mercado para se manterem ativos e complementarem a aposentadoria para manterem o mesmo nível de qualidade de vida. Além da crise no nosso sistema previdenciário, está crescendo um fenômeno conhecido como ageísmo (do inglês, "ageism") nas empresas que estão percebendo que os funcionários mais velhos têm muitas habilidades e conhecimentos relevantes;

- Em paralelo, estamos vendo os resultados dos programas de inclusão, que vem promovendo a diversidade, não só de idade, mas também de gêneros, com a mulher se destacando mais, lutando por cargos e posições equivalentes e assumindo mais cargos de liderança;

- E a explosão do número de faculdades e universidades nos últimos anos, tanto presenciais como à distancia, e que permitiu acesso a um diploma de nível superior a grande parte da população.


Eu passei 20 anos no mundo corporativo, em multinacionais e star-ups, e tive a oportunidade de viver em 6 países diferentes, gerenciando projetos e equipes multifuncionais e multiculturais, trabalhando com gente brilhante e inspiradora. Hoje, como coach de executivos e de empreendedores e através de meu trabalho de coaching organizacional, tenho testemunhado, em primeira mão o que leva um profissional a ter sucesso na sua carreira e empresas a se destacarem tanto na contratação de talentos quanto na conquista de consumidores fiéis. A seguir vou compartilhar com vocês uma das quatro atitudes mais importantes que existem em comum na cultura das empresas que estão se destacando e nas pessoas que constroem carreiras com sucesso.


Autorresponsabilidade.


De forma geral, autorresponsabilidade é a capacidade racional e emocional de trazer para si tudo que acontece em sua vida, por mais que pareça estar fora de suas mãos ou controle. E se você é responsável pela vida que está levando, então também é o único que pode mudá-la.


De forma prática, e trazendo isso para o mundo corporativo, ter autorresponsabilidade é (1) aceitar a responsabilidade por todo o processo e pelo produto final, e não somente pela parte que lhe foi atribuída, e (2) assumir responsabilidade pelas falhas e erros, sem ficar se fazendo de vítima, culpando as circunstancias ou buscando culpados na sua equipe.


Vou enfatizar aqui que faz parte da autorresponsabilidade assumir 100% a responsabilidade da tarefa que é passada para você e para sua equipe, entendendo que não adianta nada você fazer sua parte excelentemente e o produto final sair com falhas.


Tenho observado que a maioria dos grupos com baixo desempenho tem líderes que culpam o cenário ou seus subordinados. Em outras palavras, recusando-se a assumir responsabilidade, eles falham em suas missões. Por outro lado, os grupos que executam com excelência são liderados por pessoas que prontamente assumem a responsabilidade pela falha, buscam críticas construtivas e tomam notas detalhadas sobre como melhorar. Esses grupos trazem as soluções mais criativas e inovadoras e são as equipes mais engajadas e unidas.


Quando um líder de equipe culpa a todos, menos a si mesmo, a atitude é passada para seus subordinados, que então fazem o mesmo. Isso faz com que a equipe se torne ineficaz e incapaz de realizar seus planos. Essa equipe apenas dá desculpas e acaba perdendo os grandes projetos e desperdiçando talentos, em vez de se ajustar e resolver os problemas que inevitavelmente surgem. Da mesma forma, os subordinados de líderes que assumem total responsabilidade emulam esse comportamento. Como resultado, responsabilidade e iniciativa se espalharam por toda a cadeia de comando.





Por fim, autorresponsabilidade é ter a mentalidade de empresário, mesmo quando você está trabalhando em uma grande empresa! É se ver e se comportar como sócio dessa empresa e levar isso em consideração em cada ação e cada decisão que você deve tomar. Mais do que isso, você deve se ver como um empreendedor! Você é dono de uma empresa de uma pessoa. Você é seu departamento financeiro, porque você tem que tomar conta de suas finanças. Você é seu RH por que você tem que pensar na sua saúde, na sua carreira e nos recursos que você precisa para avançar e se desenvolver. Você é seu departamento de marketing e comercial porque você precisa se promover e se vender dentro da organização para seus superiores, colegas e clientes. Você é seu departamento de produção porque você precisa produzir; e Você é também seu departamento de qualidade, porque você precisa controlar a qualidade do que esta produzindo. Não se engane, sua carreira, assim como sua vida, é responsabilidade sua e se você não assumir essa responsabilidade para criar a vida que você quer viver e realizar seus sonhos, outra pessoa vai assumir essa posição e vai te usar para realizar os sonhos dela.


Existem outras quatro atitudes que ajudo meus clientes a desenvolverem, mas a autorresponsabilidade é a base para todo esse trabalho.


E você, esta disposto a adotar essa atitude e mudar sua vida?






5 visualizações
CONTATO

R. Bento de Andrade, 341 - Jardim Paulista, São Paulo - SP, 04503-011

​​

Tel: (11) 98105-8844

paulo@pauloprada.com.br

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social

© 2023 Paulo Prada - Todos os direitos reservados.

Nome *

Email *

Assunto

Mensagem